quinta-feira, 26 de março de 2020

Moça de recados

Provavelmente, deveria pensar melhor. Colocar filtros e pensar no que alguém vai pensar.

A sinceridade e honestidade que a impulsividade faz sobressair, por vezes, revela demais.
Revela, por vezes, coisas que nem a mim se haviam revelado antes.

Com todos os defeitos que tenho, esta é uma das minhas grandes qualidades.
A minha cara diz tudo e o que fica por dizer... Eu escrevo.

Os meus olhos falam e mostram tudo o que estou a sentir. Por mais que o queira esconder.
E se às vezes queria esconder, a verdade é que gosto que me denunciem.

Assim, sinto-me transparente.



sábado, 7 de março de 2020

Hustle


A tua vida palpita nas tuas próprias mãos. Não a deixas para nem por ninguém.

Sentes tudo e de tal maneira que queres fechar os olhos e sorrir a cada inspirar.

O que chegava já não chega e nem reconheces quem foste antes. Agora bastas-te a ti própria e não precisas de ninguém que o valide. 

Não é uma fase, és tu.

Sentes a vida nas mãos mas ela não escapa. Nunca a agarraste tanto, já não te conformas.
Sorris, dás gargalhadas e aprecias tudo. Agradeces o bom e principalmente o mau que te faz crescer tanto.

Podes fazer tudo, venha o que vier. E fazes.


sábado, 29 de fevereiro de 2020

O dia da despedida


Ironia do destino, foi naquele dia.
26 de Fevereiro.
Tanto dias iguais no calendário a festejar o amor e tive de dizer adeus neste dia.

Este dia marcou-me. Muito. Como tu me marcaste.

De longe, ouvia as palavras que te dedicavam.
Na cerimónia fúnebre mais linda e sentida a que tive o privilégio de assistir, quem melhor te conhecia dava-te a conhecer.

Tudo me era familiar. Tudo em ti me soava familiar. Família. Sempre foi assim que te senti. Antes de me dizeres que me sentias como tua filha, eu já te sentia como família.

Em silêncio e de longe - demasiado longe para quem se sente tão perto - as lágrimas caíam e eu absorvia cada palavra.

O que se dizia de ti fazia-me recordar os momentos que passei contigo. Os bons, os maus e os terríveis que eram aqueles em que me sentia desolada e impotente por não conseguir torná-los melhores.
Mas eu tentei tanto, sabias? Estava disposta a fazer tudo. Só vos queria ver bem. Sempre quis.

Disse-te adeus como se fosse tua amiga mas não sou. Estive longe de ti como se fosse só tua amiga mas não sou.

Queria ter estado sempre ali ao teu lado. Ao lado da família por ser da família, ou melhor, por me sentir da família.
No último momento do adeus, um amigo teu dirigiu-se a mim e disse que me conhecia, que já me tinha visto. De qual é que eu era, perguntou...
Menti e, quase agoniada pela resposta que ia dar, disse que sou uma amiga da família. 
Não é assim que sinto, não é assim que te sinto.

Mas o importante não é isso. O importante é que partiste mas... saíste como uma estrela, uma verdadeira rock star! Com direito a música e tudo!
Hey, always look on the bright side of life, right?

Por falar nisso, deves estar completamente babado. Cheio de orgulho. E estás, que eu sei que estás.
Já viste a família que tens? Os que educaste? A mulher que escolheste?
Sabes... neste dia, ela disse-me que tu gostavas muito, muito de mim. E eu aproveitei para lhe dizer que também gostava muito, muito de ti. De ti e dela :) 

Há uns anos, escrevi-vos uma carta. Lembras-te? Queria que soubessem o orgulho que eu sentia e quão especiais vocês são. Lembro-me como se fosse hoje do abraço que me deste enquanto discretamente limpavas as lágrimas. Sim, eu vi! Eram lágrimas sim senhora! 

Ainda bem que escrevi essa carta. Ainda bem que soubeste o que sentia. 
E tu? Nunca me chegaste a dizer. Será que te desiludi? 

Sinto a vossa falta. Queria ter-vos novamente.

Mas olha, eu vou estar sempre aqui para eles. Sempre. Eu olho por eles.

Espero chegar-me cada vez mais. Mas chegando perto ou não, mesmo que me mantenham longe, eu estou perto. Vou estar sempre, há coisas que não têm explicação, não é?

Juix*

terça-feira, 25 de fevereiro de 2020

Sinto tanto


Sinto tanto que dói. Tento não sentir mas não consigo.

Queria estar aí. Eu estou aqui mas estou aí. 

Enquanto as lágrimas inundam o meu rosto, fecho os olhos e peço que me sintas aí. 

Será que sabes que estou aí?

Sinto tanto e sinto-te tão perto que dói não estar. Não tem explicação. Nunca teve.

Estarei sempre aí. Longe ou não mas sempre aí, perto de quem me chega.



"Nós chegamos. 
Precisamos é de nos chegar perto de quem nos chega"

terça-feira, 4 de junho de 2019

Reminder


Quando a vida é tão breve, tão intensa e tão importante, não há tempo para angústia.

Quando todas as pequenas coisas são uma benção, não há tempo para tristeza.

Quando cada sorriso é vida, é amor, é partilha, só há tempo para respirar fundo, lembrarmo-nos disto e sorrirmos.

Lembra-te e sorri.




quarta-feira, 15 de maio de 2019

Fácil


Um dia vais estar sempre lá, sem pedidos. 

Um dia vais querer voar ao seu encontro sem to pedirem. Não conseguirias não estar lá! Não conseguirias retomar o teu dia sem te certificares que está mesmo tudo bem, sem te certificares que contribuis.
Quando isto acontecer vais ser melhor, vais sentir mais, vais dar mais, vais ser mais.

Estar sempre lá quando alguém pede é mais fácil. 

A vida está cheia de pessoas que fazem o mais fácil. 
Eu prefiro quem faz o mais difícil.

sexta-feira, 9 de novembro de 2018

;



Não há vingança nem ódio.

Não há desespero nem frustração.

Será que sabes mesmo o tamanho do meu coração?